Como foi a solenidade de formatura das turmas de Engenharia Agronômica e Zootecnia da FCAT, Unesp-

31

Por: STAEPE/FCAT

Na última sexta-feira, dia 02 de fevereiro, em sessão solene pública da Congregação da FCAT, colaram grau a XVIII Turma de Zootecnia e a VII Turma de Engenharia Agronômica.

A solenidade ocorreu no Auditório “Geraldo Mariano Alves”, da Fundação Dracenense de Educação e Cultura – FUNDEC.

 

Na cerimônia, os novos Zootecnistas e Engenheiros Agrônomos formados pela FCAT foram apresentados à sociedade. Além disso, receberam premiações (melhores estágios, melhores projetos de iniciação científica, maior coeficiente de rendimento entre os formandos) e homenagens durante a cerimônia. Os novos profissionais homenagearam professores e técnicos-administrativos que marcaram a sua trajetória dentro da Unesp. A professora Carolina dos Santos Batista Bonini foi a patronesse da turma de Engenharia Agronômica e a professora Cristiana Andrighetto foi a escolhida pela turma de Zootecnia. O professor Leandro Tropaldi foi o paraninfo das duas turmas.


A direção da FCAT, professores Sirlei Maestá e Leandro Tropaldi, compôs a mesa diretora do evento com autoridades do poder executivo, Guido Francisco Baggio, vice-prefeito de Dracena,  e do poder legislativo, Danilo Ledo dos Santos, presidente da Câmara Municipal de Dracena. Além deles, a médica veterinária Elma Pereira dos Santos Polegatto representou o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo, o Engenheiro Civil Luiz Antônio Troncoso Zanetti representou o Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Região de Dracena e a Fundação Dracenense de Educação e Cultura foi representada pelo seu diretor executivo, Edson Hissatomi Kai.

Ao longo de seus 20 anos de existência no município de Dracena, a FCAT já formou 450 zootecnistas e 222 engenheiros agrônomos.

 

Foto BN

Artigo anteriorMomentos da formatura da FCAT/UNESP, Cursos de Zootecnia e Engenharia Agronômica. Confira fotos
Próximo artigoPolícia Civil promove palestra de prevenção ao uso de drogas para alunos calouros do curso de Medicina em Dracena