Você guarda mágoas? Cidinha Pascoaloto

417

Você guarda mágoas?

(por Cidinha Pascoaloto)

Guardar mágoas pode ser extremamente prejudicial para a nossa saúde mental e emocional. A mágoa é uma experiência muito dolorosa e negativa, mas é um sentimento comum dos seres humanos.

Às vezes guardamos ressentimentos e mágoas mesmo sabendo que nos causam muita dor.  A psicologia explica que as mágoas são emoções negativas que podem surgir quando acontecem situações como traições, decepções, maus tratos, injustiças, perdas de confiança e outros tipos de frustrações. Quando os atritos não são solucionados temos como resultado esse sentimento.

Reviver constantemente a situação que a magoou pode levar a uma série de problemas como depressão, ansiedade, estresse e até mesmo doenças físicas, emocionais, sociais e psíquicas. As doenças físicas estão relacionadas com alergias, asma, úlceras entre outros. Os sintomas psíquicos podem ser irritabilidade, ansiedade e nervosismo.

Os sintomas sociais envolvem baixo rendimento no trabalho, na escola, isolamento social e conflitos domésticos. O nosso corpo produz hormônios do estresse que podem afetar nossa saúde. Esses hormônios podem aumentar nossa pressão arterial, diminuir nosso sistema imunológico e afetar nossa capacidade de dormir, comer e desfrutar das coisas que antes nos davam prazer.

A mágoa é como uma ferida aberta que pode interferir em todas as esferas da nossa vida e causar uma tristeza contínua no indivíduo.  Quando nos magoamos profundamente por algo que alguém fez ou disse, pode ser difícil superar esse sentimento e seguir a vida de forma suave. O que você pode fazer quando alguém te magoou? Aprender a perdoar.

O perdão ajuda você a liberar os ressentimentos. Perdoar pode ser um processo difícil e demorado, mas traz alívio emocional para o indivíduo. Quando você perdoa não significa que você vai ter que esquecer o que aconteceu, mas o perdão liberta quem perdoa.  Conversar com a pessoa que te magoou ajuda amenizar e controlar os pensamentos.

Cidinha Pascoaloto-Psicóloga -CRP 06/158174

: +55(18) 99725-6418

 

Artigo anteriorPor onde anda Sílvia Brigo
Próximo artigoMédica endocrinologista, dra Ana Elisa Rebeschini agora com consultório em novo endereço