Município de Dracena consegue liminar por 120 dias para manter atividades no aterro

35
MUNICÍPIO CONSEGUE LIMINAR POR 120 DIAS PARA MANTER ATIVIDADES NO ATERRO
Foto Noticia Principal Grande
Prefeito André Lemos enaltece serviço da equipe comandada pelo secretário Marcos da Cruz, que não interrompeu a coleta do lixo na semana passada
O Poder Judiciário dracenense suspendeu na sexta-feira passada, 6/05, o ato administrativo da CETESB que havia determinado a interdição definitiva do aterro sanitário do município. A decisão proferida pelo juiz de direito Marcus Frazão Frota autorizou a manutenção das atividades no aterro já em funcionamento pelo prazo de 120 dias.
O prefeito André Lemos enalteceu o trabalho da equipe que atua na linha de frente da Limpeza Pública do município. Parabenizou o secretário Marcos Antônio da Cruz, responsável pela Agricultura, Meio Ambiente, Limpeza Pública que mesmo com o problema enfrentado na semana passada, o serviço de coleta de lixo não teve prejuízo para a população.
André pontuou durante entrevista hoje cedo à Jovem Pan Dracena que desde que assumiu a Prefeitura no ano passado, vem tendo problemas com relação ao aterro. “Quando assumimos o governo, já não tínhamos como descartar o lixo lá no aterro, porém estamos trabalhando para regularizar a situação no local. Protocolamos pedido na CETESB para podermos construir uma nova trincheira para receber o lixo, com capacidade de até 15 anos, porém o projeto ainda não foi aprovado. Assim que for aprovado o projeto faremos a licitação para que sejam iniciados os trabalhos de construção no local. Após a aprovação, nossa previsão é que em 80 dias possamos ter um novo local no aterro para depositar o lixo recolhido no município”.
O prefeito André pontuou ainda que caso tal projeto não seja aprovado dentro dos 120 dias concedidos pelo Judiciário ao município para resolver tão questão, o lixo terá que ser transportado para Adamantina. “É o local mais próximo de Dracena que oferece o serviço”.
Autor: DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO
Artigo anteriorPrefeito André Lemos fala sobre reforma administrativa.
Próximo artigoPoliciais impedem que mulher tire a própria vida pulando de pontilhão