Geral: Mulher troca de endereço três vezes em um mês para fugir de ex agressos e idoso acaba preso por perseguição

55

Por g1 ms


A Deam fica lotada na Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande — Foto: Sejusp-MS/Divulgação

Um idoso de 60 anos foi preso na noite dessa segunda-feira (02), em Campo Grande, por perseguição à ex 21 anos mais nova. À polícia, a mulher contou que, por conta dessa situação, já mudou de endereço três vezes em um mês.

De acordo com registro policial, o casal ficou junto por seis anos e está separado há um mês. Durante o período de relacionamento, foram vários episódios de violência doméstica, os quais resultaram em denúncias à polícia e na separação.

Nas últimas semanas, a mulher pediu medidas protetivas contra o ex e precisou mudar de endereço três vezes, pois o idoso sempre descobria onde ela estava morando e passava a ficar ‘rondando’ o local.

Nessa segunda-feira, familiares da mulher denunciaram que o idoso estava mais uma vez ‘rondando’ a casa dela. Quando a polícia chegou, mais uma mudança era feita, com móveis da vítima em um caminhão.

A mulher então contou da perseguição e de ameaças de morte com suicídio depois. Diante da situação, a polícia fez rondas pela região e prendeu o suspeito. Ele não portava nenhum tipo de arma, apenas documentos, dinheiro celular.

Na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), o idoso foi autuado em flagrante por perseguição, com base nos relatos das vítimas e testemunhas. g1 MS

Artigo anteriorGENTE DINÃMICA por Valdomiro Nunes-Social life regional
Próximo artigoCâmara de Dracena aprova verba de mais de R$50 mil para a Casa dos Velhos