Ser Psicólogo por Andréa Frizo de Carvalho Barbosa

109

Ser Psicólogo

Por Andréa Frizo de Carvalho Barbosa

 

No dia 27 de agosto, o Brasil celebra o Dia do(a) Psicólogo(a). A data relembra a regulamentação da profissão há 58 anos por meio da Lei nº 4.119/1962. Em todos os Estados, entidades da Psicologia estão promovendo atividades em homenagem a essa categoria profissional que tem como marca o compromisso com a transformação da realidade social, articulada à promoção dos direitos humanos (Conselho Federal de Psicologia).

Nós, do curso de Psicologia da Unifadra/Fundec de Dracena, queremos, no dia de hoje, embarcar nesse compromisso da nossa categoria e, para isso, promoveremos nesta noite uma webpalestra com o tema O Psicólogo e o Compromisso Social (meet.google.com/koq-yxpb-fij).

Ser psicólogo é estar sempre ocupado com as necessidades do outro humano, tanto no individual como no coletivo. Assim, nos engajamos em diferentes contextos, na família, na escola, no trabalho, nas comunidades, nos hospitais e em tantos outros lugares, com a intenção de acompanhar essa(s) pessoa(s) em suas andanças pelo mundo, em suas descobertas, em seus momentos de temor e também de descanso.

Quero parabenizar todos os docentes psicólogos desta instituição, assim como, nossos egressos e alunos que escolheram a PSICOLOGIA como profissão.

Acredito que ser psicólogo é um ato de amor, amor ao próximo, amor àquele que está em sofrimento, desejoso de um lugar onde possa encontrar o apoio e a compreensão necessária para ressignificar sua vida e recomeçar sua caminhada. Amor por uma sociedade em que todos sejam tratados com igualdade, dignidade e respeito.

Foto: Profa. Ma. Andréa Frizo de Carvalho Barbosa, psicóloga, docente e coordenadora do curso de Psicologia da Unifadra/Fundec de Dracena.

Carolina Colnago
Assistente de Comunicação